09.04.2020 às 15:33

MRS promove iniciativas de apoio à população de baixa renda

Os esforços da MRS Logística no combate aos efeitos da Covid-19 são em diferentes frentes. No relacionamento com comunidades, a empesa vem atuando nas cidades do Rio de Janeiro, Santos e Taubaté com a distribuição de refeições em locais por onde passam os trilhos da ferrovia. No Rio de Janeiro, as comunidades atendidas são da Mandela, Parque Arará, Jacarezinho e Bandeira 2. Em Santos, as refeições estão sendo distribuídas no Morro do São Bento e em Taubaté no bairro Água Quente. A expectativa é manter a entrega de refeições nas comunidades indicadas por mais 30 dias.

Mais ações estão sendo estruturadas
Em Juiz de Fora, dez instituições que atendem a pessoas em situação vulnerável (moradores em situação de rua ou famílias de baixa renda) foram selecionadas para receber kits de higiene pessoal, cestas básicas ou alimentos utilizados em seus programas de distribuição de refeições. As entregas serão feitas a partir da semana de 13 de abril.

O Diretor de Relações Institucionais, Gustavo Bambini, ressalta a importância dessa atuação conjunta e emergencial para moradores em situação de rua e vulnerabilidade. Ele destaca ainda que outras iniciativas de apoio à população estão sendo desenvolvidas em conjunto com áreas como Segurança, Recursos Humanos e Suprimentos. As iniciativas vão atender a pessoas de mais municípios por onde a malha MRS está presente e em breve serão anunciadas.

“A ajuda humanitária demonstra a grande preocupação da empresa com as comunidades por onde trafegamos. A empresa espera poder ajudar famílias e pessoas necessitadas nesse momento tão difícil que estamos passando”, afirma Gustavo Bambini.

Por MRS
09.04.2020 às 11:42

Em 2019, Carga Geral representou 40% de tudo o que a MRS transportou

A MRS encerrou o ano de 2019 com um aumento de 7% no volume transportado de Carga Geral (grupo composto por produtos agrícolas, todo o tipo de cargas em contêineres, siderúrgicos, cimento, dentre outros), totalizando 59,4 milhões de toneladas. O número representa 40,4% do total de carga transportada pela companhia em 2019, um recorde, considerando o transporte de Carga Geral na MRS.

“Neste momento difícil que estamos vivendo, a ferrovia exerce um papel importante para a logística nacional. É neste sentido que nossos avanços em Carga Geral serão cada vez mais importantes para o incremento da participação do modal ferroviário na matriz de transportes brasileira. Estamos desenvolvendo soluções que atendem às demandas específicas de cada segmento”, ressalta Guilherme Mello, presidente da MRS.

A adoção do modal ferroviário no processo logístico diminui drasticamente a circulação de pessoas dentro das dependências dos clientes, um ponto crucial no combate ao coronavírus.

Na análise mais detalhada dos números de Carga Geral, os segmentos que apresentaram maior crescimento, na comparação 2019 ante 2018, foram Construção Civil (21,4%) e Contêineres (21,3%), seguido por Produtos Siderúrgicos (4,1%) e Produtos Agrícolas (3,7%).

Por MRS
24.03.2020 às 16:12

Carta Aberta aos Fornecedores e Parceiros

O Governo Federal definiu, por meio do Decreto nº 10.282, de 20 de março de 2020, quais são as atividades essenciais e indispensáveis à sociedade brasileira. Os serviços de transporte de carga pela ferrovia estão neste grupo, assim como as atividades de suporte e fornecimento de insumos ou matérias-primas para o funcionamento adequado da ferrovia. Essas atividades não podem ser interrompidas ou afetadas pelas medidas de combate à disseminação do Coronavírus (COVID-19), mesmo aquelas que limitam a circulação de pessoas.

Dessa forma, o deslocamento de profissionais ou equipamentos da cadeia de suporte às ferrovias está autorizado e garantido pela legislação. A operação ferroviária da MRS está sendo mantida, assim como as atividades de seus fornecedores, sempre em respeito às determinações de profilaxia e cuidados que garantam a segurança e saúde dos colaboradores e da sociedade. O transporte ferroviário de cargas é essencial para o país, em especial num momento como o que estamos vivendo.

A MRS está oferecendo apoio operacional aos seus fornecedores, com objetivo de orientá-los para a correta manutenção dos serviços, deslocamento de equipes e demais cuidados a serem adotados. A companhia opera uma malha de 1.643 km, que atravessa 105 municípios de três estados do país: Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, prestando serviços essenciais para o escoamento da produção nacional para o exterior e distribuição de itens diversos para o mercado consumidor brasileiro.

Acesse aqui a carta aberta da empresa aos seus stakeholders.

Por MRS
17.03.2020 às 12:21

O que estamos fazendo para conter a propagação do novo Coronavírus

Em função da pandemia relacionada ao COVID-19, novo coronavírus, declarada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a MRS vem tomando uma série de medidas que visam garantir a saúde e integridade de seus colaboradores, prestadores de serviço, parceiros e comunidades, de forma geral, assim como a continuidade da operação ferroviária.

A companhia adotou o modelo de home office, a partir do dia 17/3, para suas áreas administrativas e rodízio de presença para os colaboradores impossibilitados a desenvolver suas atividades remotamente. Além disso, a empresa está tomando precauções extras como a aferição da temperatura dos funcionários e parceiros que continuam trabalhando nas unidades MRS, continuamos recomendando a lavagem frequente das mãos e distribuindo álcool em gel 70% nas estações de trabalho, além disso, continuamos informando, massivamente, nossos colaboradores a respeito de todos os cuidados necessários neste período de contingência.

Situações como reuniões presenciais, viagens não essenciais, viagens ao exterior e a participação em seminários, feiras e eventos foram suspensas por tempo indeterminado.

A MRS e suas equipes estão comprometidas com as ações de combate à disseminação do novo coronavírus, dando continuidade ao transporte ferroviário de cargas, serviço de utilidade pública essencial para o abastecimento da indústria nacional e para a balança comercial brasileira.

Por MRS
17.03.2020 às 11:21

Volume de negócios entre MRS e Gerdau registra crescimento

A MRS vem ampliando de forma significativa os negócios realizados com a Gerdau: de 2015 a 2019, o volume de produtos siderúrgicos e matéria-prima Gerdau transportados pela MRS cresceu 64,4%. Além disso, a Gerdau respondeu por 31% dos novos negócios fechados em 2019 pela Diretoria Comercial da companhia de transporte de carga pela ferrovia.

Num recorte mais específico, um dos destaques é o transporte de produto siderúrgico com origem na planta Gerdau em Ouro Branco, Minas Gerais. Na comparação de 2019 ante 2018, os principais números foram:

· Crescimento de 17,6% no outbound – transporte da produção da unidade – atingindo patamar de 1,18 milhão de toneladas

· No inbound, transporte de matéria-prima para a unidade, o avanço foi de 15,3%, chegando a um volume de 564 mil toneladas

Os números são consequência do trabalho de várias equipes, tanto da MRS como do cliente. Na MRS, a equipe Comercial se reestruturou em meados do ano 2019, possibilitando maior esforço de vendas e pós-venda, com uma consequente aproximação do cliente e entendimento detalhado de suas necessidades. Além disso, a área de programação ajustou pontos como a escala dos gestores de frota (programadores dos vagões), garantindo melhor nível de serviço ao cliente. Estes pontos associados a uma parceria com a equipe formada pela Gerdau para se dedicar ao estudo de opções de intermodalidade, visando reduzir os custos logísticos no escoamento da produção e recebimento de insumos, resultaram no recorde de transporte em 2019.

“A parceria MRS e Gerdau é extremamente positiva. Fizemos ajustes internamente para atender ao cliente com ainda mais qualidade e a Gerdau acreditou no potencial da multimodalidade. A expectativa é manter uma trajetória de crescimento e desenvolvimento de soluções logísticas”, afirma a analista comercial da MRS, Taylla Ferraz.

Por MRS