06.12.2019 às 18:58

Obras de revitalização de PNs em comunidades de Três Rios e Lorena

O objetivo de reconstruir 21 passagens em nível (PNs) ao longo da linha férrea em 2019 está prestes a ser alcançado pela MRS Logística. Em novembro, mais duas PNs foram revitalizadas e entregues às comunidades das cidades de Três Rios (RJ) e Lorena (SP), totalizando 19 obras de revitalização.

Nos locais, foram instalados dispositivos como direcionadores de fluxo e sinalização, oferecendo ao usuário mais segurança para cruzar a ferrovia. A especialista ferroviária Ivilmara Castro afirma que, como de costume, as passagens são escolhidas levando em consideração, por exemplo, o fluxo diário de circulação de pessoas.

 

“As passagens em nível recebem serviços como capina, limpeza, pintura, direcionadores de fluxo, sinalização e recapeamento asfáltico. Tudo é feito pensando na integridade de quem transpõe os trilhos”, destaca.

O também especialista ferroviário Luciano Cabral comemora a entrega nos dois municípios. Com a ação de reconstrução em Lorena, por exemplo, o número de intervenções planejadas para São Paulo em 2019 foi alcançado e as obras em Três Rios demandaram cuidados adicionais.

“Entregamos esta PN para os moradores do bairro Purys, no município de Três Rios, com a sensação de dever cumprido, pois muitas pessoas transitam neste local para acessar a região diariamente. O agravante é que foi uma obra de complexidade superior, que contou com uma grande escada para o acesso, em uma área muito íngreme”, explica Cabral. “Com certeza é uma das melhores entregas que já fizemos, com foco total nos benefícios para a comunidade. Esperamos manter o nível de atendimento para 2020”, conclui.

Por MRS
02.12.2019 às 17:17

Descarte de lixo: empresa investe em ações de conscientização em áreas próximas à via

A ação conjunta da MRS com moradores do Ambaí, bairro da cidade de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense (RJ), resultou numa significativa redução no descarte irregular de lixo na faixa de domínio da ferrovia. Ao longo do segundo semestre de 2019, a empresa instalou 14 lixeiras em sete pontos da região, além de ter promovido ações de sensibilização junto aos moradores da comunidade.

Os resultados são uma redução de cerca de 80% no descarte irregular, o que dá mais segurança à operação ferroviária e melhores condições sanitárias para a própria comunidade local. O material descartado nas lixeiras instaladas pela MRS é recolhido pelos serviços locais de coleta regular de lixo, que dão o encaminhamento correto aos resíduos.

A via férrea que corta o Ambaí compõe o ramal do Arará – trecho que corta diversos municípios do Grande Rio, como a própria capital, Japeri, Belford Roxo, São João de Meriti e Nova Iguaçu, em direção ao Porto do Rio. Apenas nesse ramal, a MRS coletou 8,4 mil toneladas de lixo descartado irregularmente, entre os meses de janeiro a outubro. A complexidade desse trecho exige que o processo de coleta seja específico, com uma operação diferente daquela que atende aos demais ramais.

No estado do Rio de Janeiro, além da ação em Nova Iguaçu, foram instaladas 55 lixeiras pela MRS, distribuídas regiões próximas à faixa de domínio nos municípios de Barra do Piraí e Paraíba do Sul.

Descarte irregular
O descarte irregular de lixo na faixa de domínio é uma questão que a MRS acompanha com atenção. Entre os meses de janeiro e outubro de 2019, a empresa recolheu 10,5 mil m³ de lixo na faixa de domínio da ferrovia considerando os três estados onde atua: Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.

Como a atividade ferroviária não é geradora de resíduos, a presença de lixo na faixa de domínio (área no entorno da ferrovia sob concessão da empresa) é consequência do descarte irregular, comportamento que afeta não apenas a MRS, mas também as comunidades que moram próximo à via férrea.

O acúmulo de lixo traz problemas como o entupimento dos sistemas de drenagem de água pluvial, a proliferação de mosquitos e de ratos, muitas vezes, vetores de doenças para os seres humanos. A temporada de primavera-verão, período marcado pelo maior volume de chuvas, exige atenção adicional ao tema.

Por MRS
14.11.2019 às 17:46

Mais três passagens em nível são revitalizadas e entregues a comunidades

A segurança é um valor para a MRS, um compromisso que se estende à população que vive em torno da ferrovia. Um exemplo disso é que, em outubro de 2019, mais três passagens em nível (PNs) de pedestres foram revitalizadas e entregues a moradores das cidades de Cachoeira Paulista (SP), Lavrinhas (SP) e Três Rios (RJ). As PNs são alternativas seguras de caminho na hora de transpor a ferrovia. Já são 17 obras como estas em 2019 e a expectativa é de que o número chegue a 21 até dezembro. As passagens em nível receberam serviços como capina, limpeza, pintura, direcionadores de fluxo, sinalização e instalação de asfalto.

Nos últimos cinco anos, a equipe responsável pelo contato com as comunidades, incluindo os ferroviários encarregados da manutenção e da construção das PNs, têm apresentado resultados que comprovam o cuidado mútuo como uma realidade não só entre os colaboradores da MRS, mas também com a população. A relação da empresa com os municípios vizinhos à malha ferroviária é não apenas de interdependência, mas também de apoio e confiança.

O investimento nas cidades é algo fundamental para o nosso trabalho da MRS. De 2014 até agora, foram entregues cerca de 150 passagens em nível para as comunidades, um investimento que, ao fim deste ano, deve ultrapassar R$ 19 milhões.

Por MRS
04.11.2019 às 17:40

MRS abre processo seletivo para 150 vagas de estágio

A MRS Logística, operadora que administra uma malha ferroviária de 1.643 km nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, inicia o processo seletivo para seu Programa de Estágio 2020. As inscrições podem ser feitas até 23 de dezembro de 2019, no site www.vempraferrovia.com.br.

O Programa de Estágio 2020 oferece 150 vagas para estudantes de ensino superior ou técnico. Há oportunidades para atividades variadas, seja em áreas administrativas, como finanças, planejamento e recursos humanos, ou operacionais, como manutenção de via, elétrica, manutenção de locomotivas, entre outras. As diferentes etapas do processo seletivo – jogo online de negócios, entrevista, painel com gestores e o processo de admissão – acontecem entre dezembro de 2019 e janeiro de 2020. Os selecionados iniciam suas atividades profissionais na MRS em fevereiro.

O estagiário MRS irá trabalhar numa companhia que transporta, anualmente, mais de 170 milhões de toneladas de produtos variados, numa região que concentra quase metade do PIB do Brasil. Cerca de 30% das exportações brasileiras passam pelos trilhos da MRS Logística. O transporte ferroviário de carga é uma atividade intensiva em tecnologia, inovação e demanda constante superação.

Os selecionados receberão bolsa-auxílio compatível com os valores praticados no mercado, e benefícios variados: seguro de vida, vale-transporte, vale-refeição / alimentação, assistência médica e convênio com diversas empresas. Um ponto a destacar é que somente os estagiários podem participar do Programa de Trainee da companhia.

O pré-requisito para participar do processo seletivo, tanto para candidatos a vaga de nível superior ou nível técnico, é estar devidamente matriculado em instituição de ensino. Os candidatos a vagas de estágio de nível superior devem ter previsão de formatura para Dezembro de 2021. Nas vagas de nível técnico, é preciso ter disponibilidade para estagiar por um (1) ano. Há oportunidades para pessoas com deficiência.

SERVIÇO – Programa de Estágio MRS – 2020
Inscrições: até 23 de Dezembro de 2019
Site: www.vempraferrovia.com.br
Vagas: 150
Áreas de atuação – Vagas em nível superior e técnico: Engenharia (todas), Direito, Psicologia, Administração de Empresa, Tecnologia da Informação e afins, Economia, Ciências Contábeis, Gestão de Políticas Públicas, Serviço Social, Técnico em Eletroeletrônica, Técnico Eletricista, Técnico Mecânico, Técnico em Segurança do Trabalho e Meio Ambiente,
Benefícios: seguro de vida, vale-transporte, vale-refeição / alimentação, assistência médica e convênio com diversas empresas.

Por MRS
30.09.2019 às 10:10

Em mãos: equipe de Auditoria Interna recebe certificação internacional de qualidade

A única ferrovia no Brasil a ter suas práticas em auditoria interna validadas pelo IAA Brasil (Institute of Internal Auditors). Essa é a MRS. Depois de receber o primeiro certificado em 2013, válido por cinco anos, a empresa foi mais uma vez reconhecida por seguir os melhores padrões de auditoria interna estabelecidos internacionalmente.

No dia 26 de setembro, a equipe da Gerência Geral de Auditoria Interna e Gestão de Riscos recebeu, no prédio administrativo de Juiz de Fora (MG), o diretor geral do instituto, Paulo Roberto Gomes, que entregou pessoalmente o certificado aos ferroviários.

“Faço questão de ir às empresas entregar o certificado pessoalmente, porque é realmente um marco importante, um momento de celebração pela conquista. O método de avaliação é o mesmo em diversos países e há empresas do mundo todo buscando esse reconhecimento”, pontuou Gomes, em seu discurso durante a cerimônia. “Todos da equipe de Auditoria contribuíram de alguma forma, desde o início do processo, e gosto de deixar sempre claro que essa é uma conquista da empresa, da equipe e de cada um que esteve envolvido no processo. Parabéns mais uma vez à MRS pela dedicação e pelo comprometimento”, concluiu.

A MRS faz parte de uma seleta lista de empresas certificadas pelo IIA Brasil. São 18, no total.

“É importante reforçar que já detínhamos essa certificação desde 2013 e que, passado o prazo de validade de cinco anos, conseguimos ser certificados novamente, o que demonstra o compromisso que tivemos com a manutenção e a evolução da qualidade técnica neste período, uma vez que os padrões receberam inclusões e passaram por alterações, aumentando o nível de exigência”, destaca o gerente geral de Auditoria Interna, Jorge Amaral. “Sem o compromisso e a aplicação de todo o grupo, esse resultado não teria sido possível, por isso, gostaria de deixar o meu agradecimento a todo o grupo por esta conquista”, complementa.

Etapa a etapa

A avaliação é, segundo o próprio instituto, uma análise da conformidade da função de auditoria interna, das normas definidas no IPPF (Estrutura Internacional de Práticas Profissionais) e de outros regulamentos que afetam a profissão. Uma equipe de consultores, devidamente preparados e experientes no assunto, conduz o processo.

Depois da análise, é emitido relatório de recomendações para mudanças em procedimentos e políticas e, caso a empresa esteja cumprindo com os mais elevados padrões em auditoria interna, a certificação com o selo de qualidade comprovada do IIA é concedida.

Por MRS