13.05.2022 às 17:07

Desguarnecedora total de lastro da MRS chega ao Brasil

Equipamento está em montagem no Sul Fluminense e entra em operação em setembro de 2022

Em maio de 2022, equipes da MRS receberam, no Porto do Rio, a desguarnecedora total de lastro, fabricada pela suíça Matisa e adquirida pela concessionária em 2019. A desguarnecedora é um equipamento de última geração e uma aquisição do projeto “Grandes Intervenções de Via”, iniciativa da MRS que tem o objetivo de trocar parte da estrutura ferroviária com o objetivo de garantir a manutenção de altíssimo padrão da companhia.



A máquina vai ser utilizada, por exemplo, na troca de dormentes da via férrea sob gestão da concessionária: os dormentes de madeira serão substituídos por dormentes de concreto. A troca é positiva tanto em termos ambientais, quanto econômicos: dormentes de madeira possuem vida útil em média de 5 vezes menor que os modelos similares de concreto. A substituição do item ao longo da via auxilia na redução na compra de insumos e na expressiva redução na geração de resíduos. Cabe ressaltar que a escolha dos tipos de dormentes depende de cada trecho da ferrovia.

O investimento da MRS na aquisição foi de R$ 79,3 milhões, realizado de forma escalonada e coordenada com o avanço das etapas para a entrega da máquina, que teve inspeção e testes realizados pela MRS no 1T22, desembarque no Brasil em maio e início da operação estimado para setembro de 2022. Depois do desembarque da desguarnecedora total de lastro, o equipamento foi direcionado ao pátio da MRS que fica em Barra Mansa, na região Sul Fluminense, onde passará pelo processo de montagem e as equipes serão treinadas pelo fabricante.

Por MRS
desguarnecedora ferrovia mrs