09.04.2020 às 11:42

Em 2019, Carga Geral representou 40% de tudo o que a MRS transportou

A MRS encerrou o ano de 2019 com um aumento de 7% no volume transportado de Carga Geral (grupo composto por produtos agrícolas, todo o tipo de cargas em contêineres, siderúrgicos, cimento, dentre outros), totalizando 59,4 milhões de toneladas. O número representa 40,4% do total de carga transportada pela companhia em 2019, um recorde, considerando o transporte de Carga Geral na MRS.

“Neste momento difícil que estamos vivendo, a ferrovia exerce um papel importante para a logística nacional. É neste sentido que nossos avanços em Carga Geral serão cada vez mais importantes para o incremento da participação do modal ferroviário na matriz de transportes brasileira. Estamos desenvolvendo soluções que atendem às demandas específicas de cada segmento”, ressalta Guilherme Mello, presidente da MRS.

A adoção do modal ferroviário no processo logístico diminui drasticamente a circulação de pessoas dentro das dependências dos clientes, um ponto crucial no combate ao coronavírus.

Na análise mais detalhada dos números de Carga Geral, os segmentos que apresentaram maior crescimento, na comparação 2019 ante 2018, foram Construção Civil (21,4%) e Contêineres (21,3%), seguido por Produtos Siderúrgicos (4,1%) e Produtos Agrícolas (3,7%).

Por MRS