29.03.2022 às 16:33

MRS recebe locomotiva ES44ACi, desenvolvida pela Wabtec

 

Foto: André Zenóbio

Entre o final de março e começo de abril, o setor metroferroviário brasileiro recebe as primeiras locomotivas de carga com as mais modernas tecnologias diesel-elétricas em sustentabilidade e descarbonização em âmbito mundial. E a MRS é uma das concessionárias envolvidas no recebimento da nova locomotiva, reafirmando o compromisso com o meio ambiente e a orientação à sustentabilidade.

A primeira locomotiva ES44ACi será entregue à MRS em  1º de abril e vai levar ainda mais tecnologia e avanço para o setor ferroviário nacional neste importante momento em que a renovação da concessão caminha para a reta final no Tribunal de Contas da União (TCU). Outras duas locomotivas ainda serão entregues durante o mês de abril.

“A MRS vem investindo fortemente na ampliação da sua frota para contribuir, com ainda mais eficiência, o sistema logístico nacional, gerando ganhos em eficiência energética. Estamos adquirindo a ES44ACi, porque esperamos ser uma locomotiva de grande potência e menor consumo de diesel. Ela incorpora dois pilares da companhia: a busca por mais produtividade e a redução no volume de emissões, a consolidação de uma operação mais sustentável”, afirma a gerente geral de Engenharia da Manutenção, Anelise Salzani.

CONHEÇA A LOCOMOTIVA

Foto: André Zenóbio

As locos  ES44ACi são produzidas pela Wabtec, líder global no segmento de equipamentos, locomotivas de carga, sistemas, soluções digitais e serviços para o transporte ferroviário de carga e de passageiros. A ES44ACi (ES, de Evolution Series) é a mais recente inovação tecnológica das locomotivas diesel-elétricas, uma evolução da AC44i e um passo a mais na jornada da descarbonização.

“No coração das locomotivas ES44ACi estão os motores diesel da série Evolution que, com apenas 12 cilindros, produzem os mesmos 4.500 HP que seus predecessores de 16 cilindros. Isso é maior eficiência energética e menores emissões, graças a um projeto voltado à eficiência térmica da combustão, aliado a um sistema duplo de resfriamento do ar de admissão adotado nestes motores de quatro tempos, turboalimentados equipados com injeção eletrônica de combustível”, explica a diretora de Engenharia e Produtos da Wabtec LatAm, Daniela Ornelas.

Segundo ela, essa tecnologia permite que a máquina, além da economia de combustível, que pode chegar a 6% em redução de consumo, e maior potência, seja um avanço na jornada de sustentabilidade e descarbonização que as operadoras procuram e precisam. Os materiais de alta resistência empregados na ES44ACi também melhoram a confiabilidade do motor diesel e aumentam drasticamente os intervalos para as grandes manutenções, diminuindo os custos operacionais no ciclo de vida da locomotiva.

Os filtros centrífugos adotados nesses motores permitem dobrar o intervalo entre trocas de óleo lubrificante, diminuindo as perdas e aumentando a disponibilidade operacional da locomotiva. Toda esta tecnologia é do ARC (Advanced Rail Cleaner), o mais moderno sistema de limpeza de trilhos para aumentar a aderência das locomotivas e consequentemente incrementar a capacidade de tração e evitar paradas indesejadas por falta de aderência com trilhos molhados.

“Estamos diante de uma alternativa para melhorar ainda mais a eficiência das nossas ferrovias, além de reduzirmos as emissões e reduzir custos operacionais” complementa Daniela.

EVOLUÇÃO DO TRANSPORTE DE CARGAS DO PAÍS

De acordo com o diretor Comercial Latam da Wabtec, Juliano Andrade, a ES44ACi é um projeto de oito anos com as operadoras. Ao todo, a empresa vendeu 25 locomotivas para Suzano, Rumo e MRS, que devem ser entregues às empresas até 2030. Daqui para frente, conforme ele, a evolução será ainda maior, com máquinas movidas a baterias, por exemplo. O objetivo – e capacidade – da Wabtec é colocar um volume de cem novas locomotivas no mercado brasileiro em menos de dez anos.

“Isso, não só melhorará todo o sistema, mas será uma evolução de todo o transporte de cargas do País”, pontua. “Para a Wabtec, sustentabilidade significa operar de maneira ética e socialmente responsável, mantendo uma cultura de segurança, protegendo o meio ambiente, apoiando nossas comunidades e desenvolvendo nossos funcionários. Foi esse o principal conceito aplicado na ES44ACi. Queremos, assim, construir um futuro melhor e mais sustentável”, conclui Andrade.

Por MRS