21.02.2017 às 15:01

Balanço anual dos atropelamentos e abalroamentos 2016

MRS registra redução de 20% no número de acidentes em sua malha. 100% das ocorrências foram causadas pelo comportamento de motoristas e pedestres, incluindo imprudência, distração e acesso a locais proibidos

Em 2016, ao longo dos 105 municípios nos quais a empresa está presente foram registrados 94 acidentes envolvendo comunidades. Isto representa uma média inferior a um acidente por cidade ao longo de todo o ano passado. Se compararmos esses números ao realizado em 2015, ano em que houve 118 atropelamentos ou abalroamentos, chega-se a uma redução expressiva de 20,3%. Clique aqui e veja o detalhamento das ocorrências.

“Mesmo com os resultados alcançados através do bom andamento dos trabalhos de segurança e das ações de conscientização, em geral, infelizmente, ainda presenciamos atitudes imprudentes na ferrovia, por este motivo precisamos continuar disseminando a cultura de segurança”, ressalta o gerente geral de Faixa de Domínio e Interferências Uascar Carvalho.

Mesmo com uma redução de 39% (18 acidentes em 2015), pelo quarto ano consecutivo, Juiz de Fora/MG foi o município em que foram registrados mais acidentes na malha sob administração da MRS, 11 no total. Em seguida, completam a lista das cidades com mais ocorrências Itaguaí/RJ e Carandaí/MG, com nove, e Mangaratiba/RJ, com sete casos.

Nossas ações

Clique aqui e veja, nesta figura, alguns dos esforços realizados pela empresa durante o período.

Imagens das câmeras de segurança

Confira algumas das cenas de imprudência capturadas pelas nossas câmeras de segurança. Elas mostram a atitude de uma minoria de pedestres e motoristas que ainda insistem em adotar um comportamento inseguro na ferrovia.

Legenda do vídeo

1ª cena: motorista desrespeita sinalização (cancela acionada) e por pouco não provoca um acidente na passagem em nível do bairro Araújo, em Juiz de Fora/MG;
2ª cena: pedestre corre na frente do trem na passagem em nível do Tupi, em Juiz de Fora/MG, e por pouco não é atropelada;
3ª cena: motorista desrespeita sinalização, não deixa o cruzamento com a ferrovia livre, e quase provoca um acidente na passagem em nível da rua Benjamin Constant, em Juiz de Fora/MG;
4ª cena: pedestre é impedida por guarda-cancela de cometer ato imprudente na passagem em nível da rua Halfeld, em Juiz de Fora/MG;
5ª cena: pedestre é impedido por guarda-cancela de cometer ato imprudente na passagem em nível da rua Halfeld, em Juiz de Fora/MG;
6ª cena: pedestre corre na frente da composição na passagem em nível do Tupi, em Juiz de Fora/MG.
7ª cena: pedestre corre na frente da composição na passagem em nível do Tupi, em Juiz de Fora/MG.
8ª cena: pedestres deitam na linha férrea na passagem em nível próxima ao Senai, em Juiz de Fora/MG;
9ª cena: pedestres correm na frente da composição na passagem em nível da rua Benjamin Constant, em Juiz de Fora/MG.
10ª cena: pedestre corre na frente da composição na passagem em nível da rua Benjamin Constant, em Juiz de Fora/MG.

Por MRS