04.09.2018 às 14:31

Pintura alerta pedestres sobre riscos do uso do celular e fones de ouvido nas passagens em nível

Neste mês, a MRS deu início a um projeto piloto, em Juiz de Fora/MG, que tem por objetivo alertar pedestres que passam diariamente pelas travessias da linha férrea no município. A passagem em nível, que fica próxima à sede do Tupi Football Club, foi a primeira a receber a pintura com o alerta: “Ferrovia, não use celular nem fones de ouvido”.

“Percebemos que quando alguma pessoa faz uso do celular no trânsito da cidade ou nas proximidades da ferrovia, seus olhos estão, invariavelmente, voltados para o chão. Afinal de contas, normalmente, as pessoas estão olhando para baixo e completamente alheias ao que acontece no entorno. As nossas passagens em nível já contam com toda a sinalização necessária. Nosso objetivo com esse alerta adicional é chamar a atenção de algumas dessas pessoas que estão distraídas com os dispositivos móveis”, explica o coordenador de Faixa de Domínio e Interferências da MRS para a região, Paulo Sérgio Pereira.

As ocorrências desse tipo na linha férrea sob administração da MRS não são comuns. Em 2018, até o momento, foram registrados dois acidentes por esse tipo de distração, em Barra Mansa/RJ e Juiz de Fora/MG. Já no ano passado, apenas um caso ocorreu, em Moeda/MG.

“Apesar da baixa incidência desse tipo de ocorrência, esses casos nos preocupam muito. A tendência é a de que os danos aos envolvidos sejam severos. Isto porque o pedestre não percebe o que está acontecendo ao seu redor e, com a aproximação da composição, não tenta sequer se esquivar da locomotiva, nem no último instante”, diz.

Outro ponto de atenção com relação à distração no trânsito que dispositivos eletrônicos podem causar é a condução de veículos com o som alto e os vidros fechados.

“Quando o motorista assume esse tipo de risco, ele inibe um dos seus sentidos mais importantes, que é a audição. Dessa forma, é possível que ele não escute a buzina do trem ou a aproximação de uma ambulância, por exemplo. Então, se você está atravessando a ferrovia à pé não use o celular, se estiver no carro, nada de som alto e vidros fechados”, finaliza com o alerta.

Por MRS